Anúncios

O preço médio dos principais cortes de carne subiu no último mês no Estado. De acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), o valor médio do quilo passou de R$ 20,60, em novembro, para R$ 20,74, em dezembro, resultando em um reajuste de 0,71%.

O maior aumento foi no preço da paleta, que passou de R$ 15,03 para R$ 16,01 (+6,55%). O preço médio do cupim aumento 5,95%, passando de R$ 17,02 para R$ 18,03. Também houve aumento nos preços dos cortes do acém (+4,17%), patinho (3,66%), capa de filé (3,27%), maminha (2,66%), coxão mole (2,78%) e lagarto (1,9%).

Outros cortes, em contrapartida, ficaram mais baratos. O músculo passou de R$ 13,62 para R$ 12,62 (-7,3%). O preço do quilo do filé mignon também reajuste, passando de R$ 33,65 para R$ 32,28 (-4%). Outros cortes que ficaram mais baratos foram: picanha (-1,7%), costela (-1,05%), contrafilé (0,6%) e alcatra (-0,48%).

Conforme o Imea, apesar do reajuste no último mês, o preço dos principais cortes em teve 5,79% de queda entre dezembro de 2017 e o mesmo mês do ano passado.