Anúncios

Um homem de 48 anos procurou a de após ter o notebook roubado por um motorista da Uber, que arrombou a porta de sua empresa acompanhado de outros seis homens. Antes do roubo, o condutor de um Corolla, de cor escura, teria expulsado o passageiro do carro após a vítima reclamar de um troco errado. O crime ocorreu no Jardim dos Estados.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima pediu um carro no aplicativo para uma corrida do Jardim Colúmbia ao Jardim Novos Estados, uma distância de 6 km. O percurso atingiu o valor de R$ 9,81 e o cliente que pagou com uma nota de R$ 20, recebeu um troco de R$ 10.

A confusão começou quando o passageiro reclamou da falta de R$ 0,20. O motorista teria respondido em tom grosseiro: “Não vem me encher o saco (sic)”.

Como o passageiro já estava ao lado de fora do veículo, o motorista “arrancou” por cerca de 30 metros, jogou para fora do carro um notebook e dois equipamentos de fazer churros que haviam ficado no banco e retornou para agredir a vítima.

Ambos trocaram socos e a briga só parou quando o motorista da Uber pegou uma chave de rodas e partiu para cima da vítima. A vítima teria chutado o carro e o motorista ainda tentou atropelá-lo e fugiu.

Logo depois, o motorista teria retornado ao comércio na companhia de outros seis, arrombado a porta da empresa a chutes e roubado o notebook e um molho de do estabelecimento.

Toda a ação do grupo teria sido testemunhada por um vizinho. Até o fechamento do registro policial, a vítima ainda não havia acionado a empresa ou informado as placas do veículo.

O caso foi registrado como roubo majorado pelo concurso de pessoas