Anúncios

A deu continuidade à ocorrência de um assalto registrado em uma , situada no centro de , e conseguiu prender dois rapazes. Um deles confessou o crime e disse que usaria o dinheiro roubado para celebrar o aniversário, no próximo dia 6 de dezembro.

De acordo com o soldado Rafael, da PM, foram recebidas informações de onde o ladrão morava. Os militares fecharam o cerco e capturaram Samuel Tadeu Kich, de 20 anos.

Ao ser indagado sobre o assalto, ele confessou e levou os policiais até uma mata, onde foi achada uma com um simulacro (arma falsa) de pistola e o dinheiro roubado, cerca de R$ 5,1 mil e uma pasta com documentos.

O outro conduzido, Adrielson da Silva Souza, de 20 anos, é acusado de ajudar Samuel a fugir da PM quando ele estava uma mata, nas proximidades do Rio Lira, após o assalto à farmácia.

À PM, Samuel, que já tem ficha criminal, disse que o dinheiro seria usado na festa dos seus 21 anos. Além do roubo, o acusado também responderá por tentativa de suborno.

Segundo o soldado Rafael, ao levar os militares à mata, o ladrão ofereceu o dinheiro roubado para não ir preso. O crime também será registrado no boletim de ocorrência a fim de que o jovem responda pelas duas infrações.

O dono da farmácia, Andrey Watanabe, agradeceu ao rápido trabalho da PM. “Gostaria de parabenizar à equipe que se mobilizou e conseguiu capturar os marginais. É a primeira vez que o local foi assaltado e nos surpreendeu por ter ocorrido praticamente às 11h. Volto a repetir que o trabalho da PM foi excelente”.

Assalto

O assalto foi registrado nesta manhã em uma farmácia localizada na avenida Natalino João Brescansin. O ladrão deixou a moto dele estacionada e foi ao estabelecimento com o capacete.

Armado, o criminoso rendeu os funcionários. Na fuga, ele abandonou o veículo dele e roubou a motocicleta da farmácia, que tem rastreador.

A Polícia Militar, após seguir os sinais apontados pelo equipamento, conseguiu encontrar a moto abandonada na ponte do Rio Lira, nas proximidades do bairro Fraternidade.