Anúncios
Adeylton da Silva Rondon Araujo e Matheus Gabriel Jorge Rodrigues foram identificados como foragidos da cadeia de (Foto: /MT)

Dois presos que fugiram da Cadeia Pública de Poconé, a 104 km de Cuiabá, foram recapturados na noite dessa segunda-feira (20) escondidos em uma casa no mesmo município. A recaptura foi divulgada nesta terça-feira (21) pela Secretaria Estadual de Justiça e (Sejudh). Com as prisões, subiu para 23 o número de detentos recapturados até o momento.

A fuga ocorreu na última quarta-feira (15) onde 34 detentos fugiram depois que agrediram um dos dois agentes que faziam a segurança na cadeia e levaram as armas da unidade. Cinquenta detentos estavam presos na cadeia.

Presos renderam agente e o prenderam dentro de uma cela, na Cadeia de Poconé (Foto: G1 MT)

Segundo a Sejudh, a e Militar receberam denúncias de que possivelmente dois foragidos da cadeia estariam em uma casa no Bairro João Godofredo. As forças de segurança localizaram a residência, na Rua Coronel João Epifânio. Quatro pessoas estavam no local, sendo que Adeylton da Silva Rondon Araujo e Matheus Gabriel Jorge Rodrigues foram identificados como foragidos da cadeia.

Os outros dois homens que estavam na casa, Giovane Jonatas da Silva e Higor Silva , foram presos por darem suporte aos foragidos. Os quatro foram encaminhados para a Polícia Civil de Poconé.
Fuga

A fuga em massa ocorreu após os presos agredirem um dos dois agentes que faziam a segurança na cadeia, no momento do recolhimento do banho de sol, quando eram conduzidos para as celas. Câmeras de segurança registraram o momento em que presos enfrentaram os agentes penitenciários e roubaram as armas da cadeia.

Um dos agentes disparou munição não-letal tentando impedir a fuga. Os presos partiram para cima do agente e o prenderam em uma das celas. O agente agredido durante a fuga dos presos foi atendido e está bem, segundo a Sejudh.

Segundo a pasta, apesar de apenas dois agentes estarem trabalhando no momento da fuga, o plantão contava com quatro agentes escalados. Porém, uma estava de licença médica e um estava de folga compensatória. Ao todo, a unidade conta com 16 agentes.