Anúncios
Danilo Nascimento de Souza Campos (Foto: Facebook/Reprodução)

Um personal trainer, de 28 anos, foi assassinado a tiros na noite dessa quarta-feira (8) no Bairro Duque de Caxias, em Cuiabá. Danilo Nascimento de Souza Campos dirigia o carro dele quando foi abordado por dois homens que estavam em uma motocicleta. Os suspeitos passaram por ele, fizeram diversos disparos e fugiram sem levar nada.

Danilo é filho do vereador Nilo Campos (DEM), de , região metropolitana de Cuiabá. Segundo a Polícia Militar, o personal foi encontrado caído fora do veículo dele. O crime ocorreu na Rua General Ramiro de Noronha, por volta de 21h20 [horário de Mato Grosso], perto de uma distribuidora de bebidas do bairro.

Danilo foi abordado por motociclistas e assassinado a tiros em Cuiabá (Foto: TVCA)

Testemunhas disseram à PM que os dois homens passaram pelo local e a pessoa que estava na garupa fez os disparos contra o personal. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamada, mas o jovem morreu ainda no local onde foi baleado.

As primeiras informações sobre o caso foram recolhidas pela delegada Alana Derlene Cardoso, da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). O carro da vítima, documentos e o celular de Danilo foram entregues à DHPP. Conforme a DHPP, o rapaz foi atingido por, pelo menos, três tiros. A polícia investiga se ele foi vítima de uma tentativa de assalto ou se trata de um crime de execução.

Danilo teria acabado de sair da academia onde trabalhava. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Legal (IML).

A namorada do personal trainer Danilo de Souza Campos compartilhou nas redes sociais que o casal completava ontem um mês de relacionamento. Além da jovem, diversos outros amigos de Danilo fizeram postagens na página dele no Facebook, lamentando o fato.

Já o vereador Nilo Nascimento de Campos (DEM), pai de Danilo de Souza Campos, disse que foi pego de surpresa com a notícia.  Nesta manhã, ele ainda aguardava no Instituto Médico Legal (IML) para fazer a liberação do corpo de seu filho único.

“Meu único filho, minha jóia foi embora, covardemente. Era trabalhador. Estava saindo do serviço, saindo da Smart Fit, estava sozinho. Ele trabalhou e ia embora para encontrar a namorada, foi levar um sapato para uma aluna que esqueceu e ia embora, aí pegaram ele no caminho”, disse o vereador.

De acordo com Campos, ninguém da família sabia de algum motivo que pudesse ter motivado o assassinato. No momento da entrevista o vereador ainda estava no Instituto Médico Legal (IML) para fazer a liberação do corpo. Ele chorava muito ao telefone.

“Era muito querido, um garoto bom, uma jóia, não tinha vício em nada, só trabalhava. Fiquei sabendo ontem à noite depois que me ligaram. Cheguei da sessão da Câmara e minha esposa recebeu a ligação. O pai da namorada dele que foi nos avisar”, contou.

O velório de Danilo acontece na Funerária Santo Antônio, próxima ao Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande. Segundo o vereador, seu filho também será enterrado em Várzea Grande.