Anúncios

Visando intensificar o combate aos crimes de roubos e furtos em , a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (DERF), da Polícia Judiciária Civil, deflagrou a operação “Missão Cumprida”, para cumprimento de mandados de prisão preventiva de autores de crimes cometidos contra o patrimônio.

Quatro suspeitos já foram presos desde a manhã de sexta-feira (24.11), nos bairros de Várzea Grande. João Victor da Silva, Rafael Henrique Souza Duarte, Luciano Cavalcante de Andrade e Genivaldo Sabino dos Santos, estavam com as ordens judiciais de prisão preventiva expedidos pela Comarca de Várzea Grande.

Os três primeiros são investigados por roubos majorados pelo emprego de arma de concurso de pessoas. O último tem envolvimento com o tráfico de drogas.
Os quatro foram interrogados em procedimentos na Especializada, e, posteriormente, encaminhados à Cadeia Púbica, à disposição da Justiça.

Conforme a delegada titular da Derf Várzea Grande, Elaine Fernandes da Silva, o foco principal da operação é o cumprimento de mandados de prisão preventiva expedidos contra suspeitos de cometerem crimes patrimoniais na cidade de Várzea Grande.

“Diversos trabalhos de investigação são realizados durante o ano e, algumas vezes, determinados suspeitos não são localizados, porém, não ficam no esquecimento”, disse.

“Para tanto, foi desencadeada a operação policial com objetivo de dar cumprimento aos mandados que se encontravam nos cartórios da delegacia, além das ordens judiciais oriundas da Gerência Estadual de Polinter”, completou Elaine Fernandes.

Ainda de acordo a delegada, o trabalho de investigação é crucial para a manutenção dos assaltantes no cárcere. “Somente através deste é possível se atribuir a autoria e materialidade de delitos pretéritos, muitas vezes até esquecidos, mas que diante de um trabalho minucioso se atinge o verdadeiro objetivo de polícia judiciária”,  completou.

As diligências do Núcleo de Investigação e Operação (N.I.O.) continuarão ao longo dos dias, realizando mapeamento e monitoramento investigativo para localizar outros suspeitos que estão com os mandados de prisão em aberto.

“O resultado positivo é reflexo do empenho das equipes investigativas da Derf, que mesmo diante de tantas ocorrências e demandas nas últimas semanas, cumpriram com primor os levantamos dos suspeitos, logrando êxito nas prisões deles”, elogiou.