Uma mulher relatou a Polícia Militar segunda-feira (06) que seu ex-marido de 23 anos, abusou sexualmente da filha de oito anos. O fato foi registrado em Nova União (872 km de Cuiabá) e até o momento o suspeito não foi encontrado.

Conforme relata o boletim de ocorrência, a mãe da vítima informou que o suspeito teria abusado da filha. Os policiais foram até a residência da mãe, onde encontraram a criança assustada e abalada emocionalmente.

Durante relatos aos policiais, a criança disse que o homem obrigava a criança a praticar sexo oral, enquanto beijava e acariciava as partes íntimas da criança. A vítima ainda contou que no domingo (05) o suspeito teria tentado introduzir o pênis, ela tentava sair, mas o suspeito a segurava.

Questionada, sobre quanto tempo os abusos estariam acontecendo, a criança contou que não se lembrava, mas aconteciam sempre que o suspeito chegava da pousada.

A criança contou que por medo do homem fazer algo contra a vida de sua mãe não teria contato sobre o ocorrido. Durante a denúncia, a mãe solicitou medida protetiva por medo que Rafael fizesse algo contra a sua família.

A mãe contou que chegou a conversar com o suspeito e ele teria confessado os abusos e pedido perdão. Em seguida, pegou alguns pertencer e saiu de casa.

A mãe tem uma filha de dois anos com o suspeito e até o momento ele não foi localizado.