Um homem de 44 anos, identificado como Benedito Gonçalves dos Santos, morreu na tarde desta quarta-feira (15) após colidir a moto que pilotava com um caminhão Volvo prata, na rodovia MT-430, na região do município de Confresa (a 1055 km  km de Rondonópolis). Testemunhas disseram à polícia que Benedito teria tentado se suicidar, já que seu filho também se matou no último dia 10, jogando sua moto contra uma caminhonete na rodovia MT-437.

De acordo com informações da Polícia, Benedito seguia em sua moto pela rodovia MT-430, quando próximo á gleba Jacaré Valente colidiu com um caminhão Volvo prata, que seguia no sentido oposto, e morreu. Ao chegar ao local os policiais encontraram o corpo da vítima caído ao lado da moto, sem o capacete, e isolaram o local.

O motorista do caminhão contou aos investigadores que trafegava na rodovia, indo no sentido a Confresa, quando viu o motociclista vindo no sentido oposto e repentinamente invadir sua pista e colidir com o caminhão.

Ele ainda disse que tentou desviar da vítima, mas não conseguiu. Ele então acionou a polícia e aguardou sua chegada. Os investigadores encontraram as marcas do pneu do caminhão na pista, o que comprovou a versão do motorista. Após testes foi comprovado que o caminhoneiro não estava embriagado.

Após apurações, os policiais ouviram de populares que Benedito teria comentado que faria uma besteira, já que seu filho, Renato Gonçalves Lima, havia morrido dias atrás em um acidente.

Renato morreu no último dia 9 de novembro, após jogar a moto que pilotava contra uma caminhonete S10 na MT-437. Quando chegaram ao local os policiais encontraram a vítima embaixo da caminhonete e a moto no acostamento.

O motorista disse que seguia pela rodovia quando viu a moto vindo, no sentido oposto, e invadir a pista, colidindo com o veículo. O corpo de Renato foi reconhecido pelo seu tio, que disse que o jovem estaria descontente com o fim do relacionamento e pensava em suicídio.