Com a meta de vacinar 30 mil cães e gatos em Rondonópolis este ano, a campanha de vacinação antirrábica tem seu Dia D neste sábado (11). Serão 75 pontos de vacinação abertos das 7h30 às 16h30. A dose é gratuita, instituída por um programa do Ministério da Saúde que visa erradicar a doença.

Conforme o gerente da Divisão de Vigilância Ambiental e Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde, o médico veterinário Kleysller Willon, a intenção da Pasta é ultrapassar a meta estipulada pelo Ministério da Saúde. “A cobertura vacinal já foi feita na Zona Rural e em alguns bairros da cidade. Por isso, nossa expectativa é superar os 30 mil animais imunizados”, assevera.

Doença grave que ataca o sistema nervoso dos mamíferos, a raiva é causada por um vírus que é transmitido ao ser humano pela saliva do animal contaminado por meio de mordidas ou lambidas em feridas abertas. Quando cães e gatos estão infectados, apresentam mudança de comportamento, isolamento, melancolia, agressividade, além de extrema sensibilidade à luz. Podem também ficar andando sem rumo. A morte dos animais acontece em até dez dias após a manifestação dos sintomas. Como atinge animais e pessoas, a raiva é considerada uma zoonose.

O médico veterinário alerta que cadelas e gatas prenhas ou amamentando não podem ser vacinadas. Ele também destaca que animais a partir de três meses de idade e com bom estado de saúde devem tomar a vacina. Caso não sejam dóceis, os donos devem levá-los aos pontos de vacinação com a focinheira.

 

Neste Dia D da vacinação antirrábica, serão 450 pessoas trabalhando, entre médicos veterinários, outros profissionais Rede Pública Municipal de Saúde e voluntários. A estimativa é vacinar 25 mil animais.