Anúncios
De acordo com informações todo efetivo segue nesta operação em Rondonópolis -: Ronaldo Teixeira

A 11ª edição da operação “”, realizada pela Secretaria de Estado de Pública (Sesp-MT) e que iniciou manhã desta sexta-feira (24), já teve um resultado parcial com cento e trinta e cinco pessoas detidas nas primeiras 10 horas nos 141 municípios de Mato Grosso.

Deste total de prisões, 32 foram em flagrantes, foram cumprido 43 mandados de prisões e 60 pessoas conduzidas a unidades policiais. Nas ocorrências mais de 809 quilos de maconha foram apreendidos em uma única ação da Polícia Judiciária Civil em Rondonópolis.

Os agentes das forças de segurança pública abordaram 1.203 pessoas e 647 veículos. Durante as primeiras horas foram realizados 108 bloqueios e os policiais apreenderam 23 automóveis e 14 armas de fogo, além de 53 veículos recuperados.

Esta ação é integrada e reúne mais de mil , sendo eles das polícias Militar (PM) e Judiciária Civil (PJC), (CBM), Perícia Oficial e Identificação Técnica () e o Departamento Estadual de () com o objetivo de reduzir a criminalidade em todo Estado de Mato Grosso.

Para o coronel da PM Jonildo Assis, secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, avalia que as primeiras horas da operação foram positiva. “Os índices na área de Segurança Pública são muito bons. E a Bairro Seguro é um exemplo das várias ações realizadas”.

Assis também enaltece o empenho de todos os envolvidos. “Há muito esforço e empenho dos profissionais de segurança pública para baixar, cada vez mais, os índices criminais”.

Viaturas em deslocamento para os00 bairros da cidade -Foto: Ronaldo Teixeira

Resultado

Apenas em Rondonópolis, além dos 809 quilos de maconha apreendidos, nas 10 primeiras horas da operação “Bairro Seguro” foram realizados dois bloqueios, dois veículos foram recuperados, sendo um caminhão, seis pessoas presas em flagrante e cinco por mandado.

“Todas as forças estão nas ruas para garantir a segurança de toda população em todos os municípios do nosso Estado. O trabalho preventivo é fundamental e está sendo realizado pela e Polícia Judiciária Civil”, destacou o subcomandante do 5º Batalhão da Polícia Militar de Rondonópolis, major Lauro Márcio Osório, durante coletiva à imprensa.