Anúncios

Com a missão de divulgar e incentivar a agenda de social privado em Mato Grosso, o MT Parcerias S.A (MT Par) lançou o MT Par Social, que tem foco nas parcerias público privadas para o desenvolvimento de projetos que trazem impactos à sociedade.

Para aprimorar o programa, a MT Par organizou o VI Encontro Parcerias que Transformam, realizado nesta terça-feira (24.10), no Palácio Paiaguás. Um dos eixos do debate foi a qualificação do servidor público para que consigam estruturar e captar recursos para os projetos desenvolvidos e fazer a gestão destes contratos de longa duração.

“As parcerias sociais vão exigir do ente público uma prestação de conta, porque o privado, quando doa, quer saber em que esse recurso está sendo aplicado. Nós temos que ter um corpo técnico preparado para fazer esse trabalho de prestação de conta com a iniciativa privada, senão as empresas investem a primeira vez e não voltam. Precisamos qualificar nosso servidor para que ele consiga operar nessa agenda de parcerias”, explicou a presidente da MT Par, Maria Estella , destacando que o evento, que debateu modelos de parcerias sociais, contou com a presença de , secretários de Estado, universitários e interessados no tema.

A agenda social em Mato Grosso, diferentemente de outros estados como e Rio de Janeiro, não é debatida de forma aberta, o que gera empecilhos na hora das empresas investirem, afirmou a presidente da MT Par. “Hoje Mato Grosso não captura nem 1% do valor que é destinado a investimento social.  A nossa missão é organizar essa rede de empresas, institutos e fundações para colocar os secretários e projetos de Estado em contato com esses investidores”.

Um dos palestrantes é Germano Guimarães, diretor do Instituto Tellus, que foi duplamente premiado pelo Prêmio Mario Covas nas categorias Inovação e Excelência em Gestão Pública. O instituto trabalhou em parceria com o para o desenvolvimento do modelo do escritório de parcerias sociais. O MT Par Social funcionará dentro da nova sede do MT Par, inaugurada este mês, no bairro Alvorada.

Germano explicou que para a realização do projeto do escritório do MT Par Social foram envolvido servidores públicos, sociedade civil, institutos e organizações que atuam com parcerias para ouvir quais são as necessidades e desafios dessas parcerias em relação às políticas públicas.

“Começamos a desenhar o escritório a partir destas conversas. Traçamos quais os serviços, pesquisas, cursos e capacitações que a MT Par vai desenvolver para fomentar o investimento social privado no estado. O objetivo do escritório é apoiar iniciativas da sociedade civil em parceria com o Governo do Estado para fortalecimento das políticas públicas sociais e conseguir ampliar o investimento social privado em Mato Grosso”.

O evento Parcerias que Transformam contou com o apoio do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper). Outro palestrante, o doutor Sandro Cabral, falou sobre os diversos modelos de parcerias estratégicas que vem sendo celebrado no Brasil e no .

“É importante conversar sobre as parcerias público privadas e suas condicionantes para o sucesso. O governo de Mato Grosso está implantando um programa inovador positivo para o desenvolvimento de no estado. É preciso ter gente do lado do governo que conheça as necessidades do setor privado, que atraia atividade de capital mas que também conheça as particularidades do setor público e os pontos que podem ajudar ou atrapalhar as execuções dessas parcerias”.