Rafael Douglas Teixeira dos Santos, conhecido como ‘Boneco Doido’ morreu nesta terça-feira (3), após uma troca de tiros com a Polícia, nas imediações do bairro São Matheus, em Várzea Grande (225 Km de Rondonópolis). O indivíduo já era conhecido por ter passagens pelos crimes de roubo, tráfico de drogas e homicídio e diversos mandados de prisão expedidos pela Comarca de Rondonópolis.

Rafael Douglas, vulgo ‘Boneco Doido” – Foto: reprodução

Conforme informações, ‘Boneco Doido’ estava junto com um comparsa identificado como Elivelton Muller da Silva quando fugiam da abordagem de uma viatura da Força Tática sob a suspeita de terem roubado um veículo Voyage branco.

O motorista que seguia no carro roubado perdeu o controle do veículo que capotou. Mesmo com o acidente, os criminosos se negaram a se entregar para os policiais iniciando uma troca de tiros. Elivelton tentou fugir pela mata, mas foi capturado. Já “Boneco Doido” resolveu trocar tiros com os policiais e acabou sendo baleado.

Rafael que tinha tatuagem de palhaço no corpo foi encaminhado ao pronto-socorro de Várzea Grande, mas não suportou os ferimentos e morreu. A perseguição contou com apoio do helicóptero do Ciopaer, sendo que ainda houve a apreensão de um revólver 38 com duas munições usadas e duas intactas.

SOBRE ‘BONECO DOIDO’ LEIA MAIS

O histórico de crimes de Rafael Douglas em Rondonópolis é grande. O indivíduo tinha um histórico com uma sequência de delitos com vários registros de Boletins de Ocorrências.

Boneco Doido é preso em Coxim, transferência para Rondonópolis acontecerá a qualquer momento

Polícia começa ouvir Boneco Doido, acusado de vários homicídios em Rondonópolis

Ação rápida, polícia prende suspeito de roubos com duas armas de fogo