Uma quadrilha com sete pessoas, sendo cinco homens e duas mulheres, suspeita de cometer roubos na região de Vila Rica (1.276 km de Cuiabá), foi desarticulada em ação conjunta entre Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar. A prisão do grupo faz parte das ações da Operação Bairro Seguro, deflagrada nesta quinta-feira (19.10) nos 141 municípios do Estado.

A quadrilha vinha sendo monitorada pelos crimes de roubo de gado, joias, empresa de transporte de pessoas e a uma casa de caça e pesca localizada no município de Canarana (838 km de Cuiabá), que aconteceu no dia 20 de setembro.

Além da quadrilha, outras 45 pessoas foram presas, sendo 28 em flagrante, durante as primeiras horas da operação em todo o Estado. Em Acorizal, dois homens foram conduzidos à delegacia suspeitos de furtar uma imobiliária na cidade.

Dezenove mandados de busca e apreensão e 32 de prisão, internação cautelar e prisão temporária foram cumpridos. Doze armas de fogo, 24 veículos e 2,922 kg de drogas foram apreendidas. Em todo o Estado, 339 pessoas e 245 veículos foram abordados, sendo 12 recuperados ou localizados.

Entre as armas foi localizado um fuzil calibre 7.62 pela equipe de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) na cidade de Várzea Grande. O Corpo de Bombeiros já realizou 11 fiscalizações em estabelecimentos para verificar se estão de acordo com as normas de segurança.

A ação continua em todo o Estado e conta com o efetivo de 1.358 profissionais de segurança pública, entre eles Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar.