Uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios de Mato Grosso é alvo de uma operação, na manhã desta quinta-feira (28), em Rondonópolis, Cuiabá, Várzea Grande, Água Boa, Cáceres, Guarantã do Norte, Nova Mutum e Tangará da Serra. De acordo com a Polícia Civil, devem ser cumpridos 6 mandados de busca e apreensão em Rondonópolis, sendo que no estado de Mato Grosso ao todo são cinco mandados de prisão preventiva e 62 mandados de busca e apreensão.

A operação conjunta é chamada de ‘Panóptico’ e está sendo feita pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) com o objetivo de coletar dados sobre uma facção criminosa responsável pela prática de diversos crimes, como tráfico de drogas, crimes patrimoniais, homicídios dentre outros.

Pessoas apreendidas na operação Panóptico no Bairro Cidade Natal – Foto: Varlei Cordova/ AGORA MT

Em Rondonópolis, na residência de Daiane dos Santos Nogueira Gonçalves, 23 anos, no bairro Cidade Natal, foram apreendidos, nesta manhã (28), vários entorpecentes, como pasta base de cocaína, valores em dinheiro e uma motocicleta. Estavam juntamente com a suspeita, seu namorado um menor de 17 anos e sua irmã cujo nome ainda não foi divulgado.
Pessoas detidas na operação Panóptico no Bairro Cidade Natal – Foto: Varlei Cordova/ AGORA MT

De acordo com a Polícia Civil o poder Judiciário expediu os mandados de buscas e apreensões e a residência de Daiane, era um ponto importante de comércio de drogas, além de que a suspeita já era alvo de investigações. Os três foram conduzidos para a 1ª Delegacia de Polícia, para as devidas providências.
Droga dinheiro celulares apreendidos na operação Panóptico no Bairro Cidade Natal – Foto: Varlei Cordova/ AGORA MT

De acordo com o Delegado Regional Claudinei de Souza Lopes o objetivo desta operação é tirar de circulação as organizações criminosas. “Nós queremos desarticular um braço dessas organizações para redução de crimes, na cidade de Rondonópolis e combater o crime organizado, por isso estamos em operação conjunta em todo o estado”, explica.
Motocicleta apreendida na operação Panóptico no Bairro Cidade Natal – Foto: Varlei Cordova/ AGORA MT

Panóptico

O nome da operação significa ‘construção’, cuja estrutura faz com que se consiga observar a totalidade da sua superfície interior a partir de um único ponto. O termo foi utilizado pelo filósofo e jurista inglês Jeremy Benthan em 1785, para designar um modelo de penitenciária ideal.